Cardápio: um capítulo à parte
19 de dezembro de 2017
Amamos o que fazemos e por isso fazemos muito bem!
24 de dezembro de 2017

Dicas para um design editorial eficiente

Compreender as informações é o primeiro passo para elaborar um projeto de design editorial. Levar em conta o peso de cada informação ajuda a definir a linguagem visual do trabalho. Conhecer o público alvo, ou seja, quem vai ler uma determinada publicação, também é fundamental.

Deixamos aqui algumas dicas:

#Fonte: Para textos longos, o ideal é utilizar uma fonte com corpo fino, que forma uma mancha clara e não cansa a leitura. Se o seu projeto gráfico é mais arrojado e ousado, abuse de fontes diferentes nos títulos e sub-títulos, mas cuidado com os exageros para não causar poluição visual.

#Grid: O segredo de um projeto editorial interessante está na construção do grid de uma forma na qual as informações ficam organizadas e ao mesmo tempo interessantes e nada monótonas. Por exemplo, se o seu grid é de quatro colunas, em algumas páginas você pode deixar uma coluna em branco, para criar “um respiro”. Também pode fazer as quatro colunas virarem duas, quando quiser dar um destaque em determinada parte do texto.

#Entre-linhas: Brincar com o entre-linhas é uma forma muito eficiente de fazer um bom projeto editorial. Você pode manter a relação “tamanho de fonte – entre-linhas” normal, ou criar um entre-linhas bem maior, quando quiser dar uma leveza especial para o texto ou destacar alguma parte importante.

#Wraparound: Este recurso é antigo mas sempre atual. Textos dentro de formas geométricas ou circundando alguma imagem dá um bom efeito em projetos de revistas, informativos ou relatórios.

#Cores: crie um código cromático para o seu projeto dependendo do tipo de publicação e siga com ele até o fim. Assim você terá uma publicação mais coesa.

Para finalizar, tenha sempre em mente: clareza das informações, leveza nos textos, estética e criatividade.